Remédios naturais para o hipotiroidismo

folder_openControlo de peso, Cuidado pessoal
commentSem comentários
Remédios naturais para o hipotiroidismo

O que é o hipotiroidismo?

O hipotiroidismo é um quadro clínico caracterizado por uma glândula tiroide hipoativa, que não produz ou liberta, adequadamente, as hormonas da tiroide.

Fornecer os nutrientes necessários, para uma função tiroidea adequada, pode reverter a sintomatologia do hipotiroidismo.

Quando a glândula tiroide é pouco ativa, o metabolismo abrandará, gerando uma série de sintomas característicos do hipotiroidismo.

Sintomas do hipotiroidismo:

  • Cansaço, apatia e até depressão.
  • Baixa temperatura corporal e intolerância ao frio.
  • Ritmo cardíaco lento
  • Aumento de peso, assim como problemas em emagrecer.
  • Problemas nos músculos e articulações,
  • Fragilidade do cabelo e das unhas.
  • Edema e inchaço dos membros.
  • Alterações nos níveis de colesterol no sangue.

Remédios naturais para o hipotiroidismo:

De seguida, detalhamos os nutrientes essenciais, para a correta função da tiroide, que podem ser administrados tanto na alimentação como em suplementos nutricionais:

1. Iodo

O Iodo é um oligoelemento imprescindível para regular o metabolismo e a produção de energia, pois é essencial para a formação das hormonas tiroideas T4 e T3, na tiroide.

Embora se tiver tiroidite autoimune, como a tiroidite de Hashimoto, não recomendo tomar suplementos de iodo, porque os níveis de anticorpos antitiróides podem piorar.

  • As algas marinhas Fucus vesiculosus e a Laminaria são uma fonte natural de iodo.

2. Selénio

A tiroide é o órgão com maior teor de selénio em todo o corpo. O selénio é essencial para formar a enzima que converte a hormona tiroide T4 na sua forma ativa T3, e pode reduzir os efeitos autoimunes. Em doentes com doença de Hashimoto, os suplementos de selénio diminuem os níveis de anticorpos antitiróides e melhoram a saúde da glândula tiroide.

  • Alimentos como nozes do Brasil, peixes azuis, cogumelos e ovos são boas fontes de selénio.

3. Óleo de peixe

Os ácidos gordos essenciais Ómega-3 DHA e EPA, que se encontram no óleo de peixe são essenciais para a função da tiroide.  Os suplementos Ómega 3 estão associados a um risco menor de sintomas da tiroide, tais como ansiedade, depressão, dor nas articulações ou colesterol alto.

4. Zinco

Tal como o selénio, o zinco desempenha um papel na enzima necessária para converter T4 em T3. O zinco também é necessário para ativar os recetores das hormonas tiroideas nos tecidos (isto é, para que a hormona da tiroide possa cumprir a sua função). A falta de zinco pode ser reconhecida pela fragilidade do cabelo e das unhas, assim como por problemas de pele. Os suplementos de zinco ajudam a abrandar a queda de cabelo e a fragilidade das unhas, sintomas claros de hipotiroidismo. De facto, os estudos relacionam o défice de zinco à diminuição da função da tiroide.

  • Alimentos como carne, peixe, sementes de abóbora, amêndoas, caju, cogumelos e cacau são boas fontes de zinco.  

5. Complexo B

O complexo vitamínico B, são vitaminas que estão envolvidas em muitos dos processos metabólicos do organismo, tais como a síntese de várias hormonas, entre elas a tiroxina, uma hormona da tiroide. Pelo que o seu défice parece prejudicar o bom funcionamento da glândula tiroide. Os suplementos do complexo B beneficiam a saúde da tiroide, ao equilibrar, de forma natural, as hormonas e melhorar o cansaço associado.

Mini-truque: O peixe é rico em nutrientes básicos para a tiroide, ou seja, em iodo, zinco, selénio, tirosina, omega3 e vitaminas do grupo B. Se a sua tiroide não funcionar corretamente, deve comer peixe pelo menos duas vezes por semana.

Bónus: A bromelaína do caule do ananás

A bromelaína é uma enzima proteolítica que se encontra na polpa e, sobretudo, no caule do ananás.  É amplamente conhecida pelas suas comprovadas propriedades anti-inflamatórias, além de apresentar efeitos imunomoduladores, equilibrando o nosso sistema imunitário. Propriedades particularmente interessantes, se tiver uma afeção autoimune da tiroide, como a doença de Hashimoto.

  • Os extratos de ananás, ricos em bromelaína, são os mais estudados no que diz respeito aos benefícios para a saúde das enzimas proteolíticas.

A bromelaína acelera a reparação da tiroide, reduzindo a inflamação. Além disso, as enzimas reduzem os anticorpos contra a tiroide, ao decompor os complexos imunológicos circulantes, que se formam em doenças autoimunes.

Redigido por Antonio Valezuela

Antonio Valenzuela é fisioterapeuta especialista em psiconeuroimunologia clinica, fitoterapia e nutrição.
Antonio é professor, conferencista e divulgador sobre um estilo de vida saudável. Colabora com o Green Club aportando informação profissional, atual e comprovada sobre diversos temas relacionados com a saúde e o bem-estar.

A informação contida nesta página web tem um caracter meramente informativo e não deve substituir as recomendações dos profissionais de saúde.

Tem alguma pergunta? Não hesite em contactar-nos, o nosso grupo de profissionais está à sua disposição

Referências do artigo remédios naturais para o hipotiroidismo

  • Sun X, Shan Z, Teng W. Effects of increased iodine intake on thyroid disorders. Endocrinol Metab (Seoul). 2014;29(3):240-247.
  • Gärtner R et al. Selenium supplementation in patients with autoimmune thyroiditis decreases thyroid peroxidase antibodies concentrations. J Clin Endocrinol Metab. 2002;87(4):1687-1691.
  • Morley JE et al. Zinc deficiency, chronic starvation, and hypothalamic-pituitary-thyroid function. Am J Clin Nutr. 1980;33(8):1767-1770.
  • Souza LL, et al. Effects of dietary fish oil on thyroid hormone signaling in the liver. J Nutr Biochem. 2010;21(10):935-940.
  • Costantini A, Pala MI. Thiamine and Hashimoto’s thyroiditis: a report of three cases. J Altern Complement Med. 2014;20(3):208-211. doi:10.1089/acm.2012.0612
  • Kvantchakhadze R.G. Wobenzym® in the complex treatment of autoimmune thyroiditis. International Journal on Immunorehabilitation, 2002, Vol. 4, No. 1, pp. 114.
Tags:

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Fill out this field
Fill out this field
Por favor insira um endereço de email válido.
You need to agree with the terms to proceed

Menu